5 motivos para amar Reign: A nova série fofinha da CW!

sexta-feira, janeiro 03, 2014


Antes que você diga qualquer coisa: Eu também não sou fã de séries de época, mas Reign... Caso você não tenha dormido nas aulas de história (caham!) vai se lembrar de Mary Stuart, a rainha da Escócia que fora prometida ainda criança ao príncipe da França, Francis, depois que começou a ser caçada pelo ingleses, quando o parlamento decidiu a anulação do casamento de Mary com Edward, príncipe da Inglaterra (o que acarretou uma anulação da união entre os dois países). 

Na série, Mary passa a infância num colégio de freiras até que sua segurança já não é tão garantida lá. Ella então passa a viver no palácio, onde mora Francis (♥♥♥♥♥♥). O que o príncipe não esperava, era que ele acabaria se apaixonando pela rainha da Escócia, e o que é ainda pior, que seu irmão bastardo, Sebastian, também ficaria encantado com a moça (vemk que eu te consolo, Bash)

Tá, Ju, mas eu continuo não curtindo História (como pode???) e nem séries de época...
Beleza, como eu sou da opinião de que coisas boas precisam ser compartilhadas, eu te dou cinco motivos para amar e viciar em Reign! Se liga:

1. Moda:

Reign veio pra provar que o passada não é sinônimo de breguice. Os diretores e figurinistas da série instituiram coisas bem recentes e que hoje fazem o maior sucesso, no look das personagens. Duvida? Uma das coisas que eu achei mais legal foram as tiaras de flores. Sim, aparece bastante. E não é que combina? Dá um tom super casual, moderno e vintage. Além da tiara de flores tem outros adornos pro cabelo também, como tiaras douradas com detalhes florais. E se você acha que essa paixão pelas roupas do seriado é totalmente inocente, você está redondamente enganado. Pesquisando sobre o figurino dos personagens, descobri que a personal stylist da série é Meredith Pollack, sim a mesma do meu (ex) seriado favorito: Gossip Girl. A diva se inspirou nos últimos desfiles da Dolce & Gabbana , Alexander McQueen e Free People. Tem como não amar?

2. Caras gatos:
Quer motivo melhor que Toby Regbo e Torrance Coombs fazendo papel de meio-irmãos? Há quem shippe Frary (oooooi!), mas é impossível não amar Bashary e sentir um apertozinho no peito quando para pra pensar como seria se você tivesse que escolher entre seu noivo (um loiro gatíssimo que faz de tudo pra te proteger dos ingleses) ou o irmão bastardo dele (um moreno com um belo par de olhos claros que vai contra os próprios princípios para proteger a sua vida). Melhor nem pensar, né? 



3. (Nem tão) Mocinhos.
Preciso confessar: Amo/sou série/novela/filme (whatever) em que o mocinho não é idiota. Me diz, qual o sentido de fazer o cara apanhar durante toooodo o processo? Mocinho bom é mocinho que apanha e revida, e que sabe ser esperto mesmo quando tá na pior. E eu sou apaixonada pelo modo como a Mary sabe usar a frase "Eu sou a rainha da Escócia". Quase um tapa na cara das inimigas. Ela sabe analisar estratégias como uma boa líder e  ser pé firme quando o assunto é não se igualar a mãe de Francis ou deixar que pisem em seu país ou suas decisões. Diva demais! Além disso, até o mais mocinhos não são tão mocinhos assim.



4. O fantasma de Susana ressurge! 

Se eu contar que estava falando sobre ela no twitter há algumas semanas, NINGUÉM acredita! Estava me perguntando por onde andava Susana e Pedro, os reis de Nárnia. Quando de repente, eu começo a assistir uma série e nova e tcharam! O fantasma da Susana estava na frente do meu computador fingindo ser a Lola. Confesso que odiei o modo como ela tratou a Mary no começo, maaas... Até que ela se mostrou uma amiga legal. Meio recalcada, mas legal. E ela parece mais bonita, mais saudável, não sei. Sair de Nárnia fez bem.


5. Sangue, assassinatos, traição e aula de história.

Primeiramente, gostaria de dizer que se você não sabia daquela historinha que eu contei lá em cima, eu vou contar pra sua mãe e ela vai te obrigar a assistir a melhor série de todas (rum u.u), já que a série, mesmo não tratando da história de Mary Stuart tin tin por tin tin, é bem legal pra entender os costumes da Corte e das pessoas no século XVI. Segundamente, o último motivo que nos leva a amar Reign é o misto de todos os fatores que tornam uma série legal e viciante: gente esperta, assassinatos malucos, amores traiçores e traidores, e finais de episódio bem torturantes. 


O única lado ruim é que a série ainda está no comecinho e esperar novos episódios é quase uma tortura T.T

Mas, como os pontos a favor ganham, trate de assistir Reign e vir me dizer o que achou no twitter, ok? 

Beijinhos e até a próxima ♥

Veja também!

2 comentários

  1. Reign <3 Ai meu Deus! Eu amo esse seriado, e como não amar a Mary e o Francis?
    Muito amor.

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir

Faça uma blogueira feliz deixando um comentário ♥

Editoras Parceiras

Galeria